Livro Meditação CB: A Arte de Voar

Recentemente terminei de ler a primeira edição do livro Meditação – A Arte de Voar, na versão em espanhol lançada no evento de verão na Montanha CB.

IMG_0639Como um praticante de meditação não muito experimentado, tive minhas expectativas quanto ao livro. Quando Suryavan nos disse que estava escrevendo um livro como esses, minha primeira reação foi “uau, que bom!” mas logo veio minha experiência com outros livros de meditação e me enchi de um “ai ai ai…”.

Peraí, deixa eu me explicar! Já busquei vários livros de meditação e afins – concentração, domínio da mente, até psiquismo! – e não encontrei o que buscava nesses livros. Só encontrei algo bom quando comecei a praticar com um sensei, quando estava praticando Aikido. Então me dei conta que a meditação precisa ser vivida e não lida. Por isso a sensação…

Com essas expectativas dentro de mim me disse “tá, vou ler o livro e que seja como seja” e, por essas ironias da vida, tive a oportunidade de fazer um retiro de 5 dias justo depois de conseguir o livro. Era a oportunidade perfeita! Adivinhem minha reação quando terminei de ler?

É um livro que não pretende te ensinar tudo sobre meditação, não quer fazer você ser um perfeito conhecedor da meditação e nem sequer almeja ser a “bíblia” da meditação! É um livro simples que mostra as bases de uma boa prática, que te leva a entrar mais profundo em nós mesmos e que independente do nível que o leitor tenha de prática na meditação, vai nos levar a dar um passo mais na nossa caminhada rumo ao encontro com a natureza da mente.

É simples de ler, não requer grandes conhecimentos prévios e por isso mesmo pode ser lido por qualquer pessoa. É um livro pequeno no sentido de não ser demorado para lê-lo inteiro, mas também contém boa quantidade de informação e exemplos do cotidiano. Enfim, é um livro que me deixou com um sabor fantástico durante aquele retiro de verão, naquela cabaninha selvagem nas montanhas do sul do Chile.

E para finalizar, deixo com vocês uma poesia que para mim é muito boa, lá no final do livro:

Meditamos
Para descobrir nossa natureza interna
Meditamos
Para encontrar a conexão com o espaço
Meditamos
Para dissolvermos no silêncio que harmoniza
Y transforma tudo
Meditamos porque
Somos a eternidade
Somos esse momento (…)
– Suryavan Solar, poesia Meditamos, pag 354, 1aed versão espanhol

Espero que gostem! Até mais! 😉
Sayuro